Psicólogo (a) pode prescrever remédios?

Muita gente tem dúvida e questiona aos profissionais de psicologia se eles podem prescrever medicamentos para doenças da mente. Algumas pessoas até não questionam diretamente, mas é comum ouvirmos frases do tipo: ” Ah, agora você vai poder me indicar o remédio que tô precisando…”.

Bem, respondendo a essa dúvida, afirmamos que os psicólogos (a) não realizam prescrição de medicamentos no Brasil*. Isso significa que nenhum profissional da área poderá indicar a você usar ou não medicamento.

E porque não podem prescrever?

Psicólogos (a) não podem prescrever medicamentos porque esse tipo de atribuição é privativa dos profissionais médicos, ou seja, somente os psiquiatras podem realizar. Além disso, apesar de na graduação em Psicologia estudarmos psicofarmacologia, por ser uma prática de outra profissão acabamos por não aprofundarmos no assunto, é um aprendizado mais para compreensão do todo quando estamos acompanhando pacientes medicados. Isso não significa que os profissionais de Psicologia sejam leigos no assunto, muitos psicólogos estudam bastante psicofarmacologia justamente para compreender sua interferência no comportamento humano, porém mesmo esses com conhecimento mais aprofundado, continuam não podendo realizar a prescrição medicamentosa.

A formação em Psicologia Clínica é focada nas intervenções naturais, ou seja, estudamos e praticamos técnicas não medicamentosas para o tratamento das psicopatologias (Doenças da mente), são as chamadas Psicoterapias. Ao longo do curso o profissional de Psicologia estuda vários tipos de psicoterapia e normalmente escolhem um deles para se aprofundar. Sendo assim, por excelência, os psicólogos(a) são os profissionais indicados para realizar Psicoterapia.

Bem, se o psicólogo não medica, por que então procurar por seus serviços?

Depois de saber que o psicólogo (a) não prescreve remédios pode ser comum essa dúvida sobre fazer ou não consulta com ele. Quanto a isso, como mencionamos, o trabalho dele na clínica será realizado através da psicoterapia, ou seja, por meio de uma intervenção natural não medicamentosa. Mas não se engane achando que por ser uma prática sem remédios ela não funciona, pois ela é muito eficaz e suas técnicas são estudadas cientificamente há anos, inclusive existem pesquisas recentes apontando que as Psicoterapias são tão eficazes quanto a substância (remédio), por isso em muitos casos ela sozinha dá conta do tratamento.

Créditos da imagem: site minutoarapiraca

Já existem casos em que se faz necessário o trabalho conjunto entre psicólogo e psiquiatra e essa união é bastante rica para os pacientes. Normalmente isso acontece quando a pessoa já está com grau mais elevado de sofrimento, assim o psicólogo realiza a psicoterapia e o psiquiatra prescreve a medicação para alterar o biológico e diminuir sintomas. Entenda, uma prática nao anula a outra, e o trabalho conjunto é fundamental na maioria dos casos de adoecimento.

Finalizando, enfatizamos que o psicólogo não pode prescrever o uso de medicamentos.

Se ainda existir dúvidas sobre este assunto escreva pra nós.

Você pode se interessar por este texto aqui também: https://psicoligado.org/2019/03/22/antidepressivo-deve-ser-utilizado-junto-com-psicoterapia/

*Não sabemos se em outro país é diferente, escreditamos que não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s