6 Dicas para diminuir o estresse.

Percebemos a cada dia como o mundo tem se tornado um lugar de velocidade. Antigamente a vida não era corrida como hoje, havia tempo entre os familiares para se ouvirem, trocarem experiências juntos, existia a brincadeira de rua para as crianças ou entre os irmãos e assim o tempo parecia passar bem mais devagar.

Quando vamos a um centro comercial, como é o caso do Rio de Janeiro ou São Paulo, percebemos como a velocidade faz com que as pessoas se quer percebam a vida a sua volta. Muitas delas andam como robôs nas ruas buscando placas, outdoors, meios de transportes, navegando no celular, etc.

Apesar de muito discutida, essa correria toda é maléfica para o ser humano, embora seus efeitos sejam percebidos às vezes de forma muito tardia ou superficial.

Uma consequência em decorrência dessa correria da vida moderna é o famoso estresse. Você já se sentiu estressado? Conhece alguém que vive a todo momento estressado com a vida? Eu duvido que você em algum momento da vida nunca tenha dito “estou me sentindo estressado”, digo isso porque é muito normal e também porque passou a fazer parte do nosso cotidiano.

Mas afinal, o que é estresse?

Podemos entender o estresse como uma reação decorrente da necessidade de adaptação frente a uma mudança. Ele pode ser negativo ou positivo e gerar impactos no organismo de natureza psicológica, física e hormonal.

Compreendemos que no decorrer da vida o ser humano sempre estará exposto a situações estressoras, por isso, não há uma forma para acabar com o estresse, pois, se, por ventura, uma pessoa vai ao banheiro e percebe que não há papel higiênico, essa pode ser considerada uma situação estressora, impulsionando a pessoa a buscar alternativas para resolver o conflito do momento.

O exemplo acima pode ser entendido como um lado positivo do estresse, pois gera no individuo motivação para conclusão de uma tarefa. Percebeu que é um comportamento normal? Isso também é muito comum na vida acadêmica ou também na vida profissional em que somos desafiados o tempo todo na busca por conhecimento ou resultados cada vez melhores.

Mas existe também aquele estresse negativo, que atrapalha a vida das pessoas e faz com que gere muito sofrimento para a mesma. Podemos compreender como negativo o estresse que é tido como excessivo, ou seja, aquele que esgota as possibilidades que a pessoa tem para se adaptar as mudanças do ambiente. É muito comum percebermos o estresse negativo no ambiente profissional onde a cobrança é feita de forma desproporcional em muitos casos, exigindo resultados que são na verdade metas inalcançáveis. Mas, o estresse negativo pode surgir também em uma relação amoroso onde alguém cobra de seu parceiro algo que ele não pode oferecer por exemplo.

Bom, como dito anteriormente, acabar com o estresse é algo muito difícil porque ele faz parte da vida. No entanto, podemos nos perceber estressados e buscarmos evitar ou diminuir os efeitos do estresse em nosso cotidiano, por isso, separamos as dicas abaixo que podem ajudar com a questão:

1) Busque a causa: A primeiro coisa que você precisa saber para conseguir controlar o estresse é descobrir exatamente o que causa o estresse. Se você não sabe o que te estressa como vai conseguir diminuir o estresse? Se por ventura você não tem a mínima ideia sugiro começar anotando como você está desde que acorda. Ou seja, faça um mini diário de bordo de seu humor e os acontecimentos do dia. Por exemplo, se acordou bem anote, se tomei café e assistiu o jornal da manhã anote também, se saiu de casa bem e chegou no trabalho anote como foi a viagem até chegar lá e assim por diante. Isso ajudará a perceber o que está gerando mudanças em você.

2) Diga não à agenda lotada: Uma agenda pode ser uma grande aliada por vários motivos.  O primeiro deles é que de fato ela nos ajuda quanto à organização, isso já é primoroso, mas, além disso, também nos ajuda a relaxar, pois uma vez anotada as tarefas conseguimos ter a certeza de que nada será perdido em nossa memória que muitas vezes falha. Todavia, uma agenda por si só não faz milagre, por isso, é necessário saber usá-la e isso implica também em realizar as tarefas e anotá-las como concluídas.

Usar corretamente uma agenda o ajudará a seguir a premissa: “Evite fazer amanhã o que você pode fazer hoje”. Sei que isso soa muito como clichê, mas tenha certeza que agenda bagunçada e tarefas não concluídas são fontes estressoras, sobretudo porque vivemos a “Era da produtividade”.

3) Invista no seu prazer: A psique humana é de acordo com Jung um sistema de autoregulação energética que busca a todo momento o equilíbrio, por isso, uma boa dica é investir sua energia psíquica em atividades diferentes da que você está acostumado a investir. As vezes é necessário sair mais, conhecer gente nova, ficar em casa assistindo um filme ou lendo um livro daqueles que só você gosta, chorar das coisas ruins, cantar, gritar, enfim, extravasar. É preciso sublimar… Descobrir o que te dá prazer e investir sua energia em prol disso lhe fará um bem incrível.

4) Aprenda usar o relógio: Isso mesmo que você leu, aprenda a usar o relógio. Isso significa saber que você não controla a hora e portanto ela vai passar independente de você saber usar seu tempo ou não. Se tem um evento às 12h e precisa de no mínimo 30 minutos para chegar ao local, é importante saber que se sair do local de origem às 11h30 minutos certamente irá se atrasar e consequentemente se estressar. Se for direto no trânsito dirigindo é pior ainda. Então, por favor, faça bem a você e evite atrasos, eles são maléficos e geram muito estresse.

5) Velocidade e quantidade: Uma coisa é certa, tudo na vida tem seu tempo, então desista de exigir de você resultados na mesma velocidade que seu colega ou vizinho, isso é balela. Essa dica serve para os pais também, que comparam e cobram desde cedo que seus filhos correspondam a padrões de comportamentos de acordo com o tempo tido por eles como ideal.

Além de esperar que as coisas aconteçam no tempo certo, aceite que o ser humano faz uma coisa de cada vez.  Nossa atenção não é tão desenvolvida a ponto de fazermos duas coisas ao mesmo tempo com o mesmo investimento de atenção. Pensar que isso é possível é garantia de estresse.

6) Use a tecnologia a seu favor: A dica aqui é usar a tecnologia de modo que ela possa proporcionar bem estar pra você. Se gosta de ouvir música por que não baixar algumas no celular e ouvir no caminho para o trabalho, ou até mesmo durante o expediente de trabalho se for autorizado. Baixe App de agendas para te ajudar a organizar sua vida, inclusive, anotar e te avisar quando você deve fazer as coisas, se for esquecido isso já ajudará a te trazer alívio pelo fato de não ter que ficar fazendo força para lembrar de tudo.

Leia livros online, revistas de assuntos de seu interesse, crie um blog e escreva sobre sua vida, enfim, utilize a internet e a tecnologia para trazer benefícios para você.  Mas, cuidado para não transformá-la em um Deus, pois isso pode gerar um estresse também.

Enfim, conforme falamos não podemos acabar com o estresse, porém podemos administrar as atividades para que a intensidade dele não venha afetar nosso cotidiano, principalmente, nossa mente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s