Dicas da Terapia Cognitivo Comportamental para casos de “Mau Humor”.

Olá Pessoal!

Recebo muitos e-mails pedindo para eu escrever sobre as aplicabilidades da terapia cognitivo comportamental em diversos contextos, por isso, atendendo a esses pedidos inicio com este artigo uma série de textos explicando algumas técnicas da TCC na prática, tanto para quem é da área como para quem apenas se interessa pelo assunto. No texto de hoje cito 4 dicas da TCC para casos de mau humor. Boa leitura!

Quem nunca acordou um dia de mau humor? Quem nunca teve um dia estressante no trabalho e chegou em casa com um mau humor gigantesco?  Quem nunca olhou para um dia lindo e pensou: “Que dia mais chato!”. Pois é amigos, o mau humor é algo comum na vida de todos nós e por isso ninguém está livre de passar por “um dia não tão agradável” e depois reconhecer que estava de “mau humor” ou até mesmo desenvolver uma patologia que o deixe constantemente irritado.

É interessante pensarmos que por vivermos em constantes mudanças e em meio a muitas cobranças nos sentirmos mal não passa de uma reação do nosso modo de vida, ou seja, pode ser normal e corriqueiro. No entanto, às vezes, o mau humor pode se transformar em um comportamento patológico e acarretar inúmeros desconfortos, sendo necessária ajuda de um profissional para avaliar o motivo de tal comportamento e assim conseguir reduzir as sensações ruins que o mau humor acarreta. Por isso, através deste artigo publicamos algumas dicas da terapia cognitivo comportamental para auxílio com o mau humor.

Tendo como premissa que a Terapia cognitivo comportamental compreende que nossos sentimentos e comportamentos são advindos de nossos pensamentos, se mudarmos nossa forma de pensar a cerca de determinada situação nossas reações tendem a mudar também. Segundo Knapp e Beck, “Alguns estudos de resultado usando neuroimagem recentemente confirmaram o que já se previa: as TCC produzem mudanças fisiológicas e funcionais em muitas áreas cerebrais”. (Paulo Knapp, Aaron T Beck; 2008, p. 55)

modeo-cognitivo

Agora vamos às dicas: Supomos que você acordou irritado com tudo e isso gera muito mal estar, pois tudo incomoda, o que fazer?

ψ – Procure por evidências: Se questionar a cerca das preocupações é uma boa forma de identificar um motivo comum e evitar alimentar ideias perturbadoras, ou seja, os famosos pensamentos catastróficos. Uma boa forma de procurar evidências é questionando, por exemplo, quais as provas de que o resto do dia será ruim ou por que exatamente o dia está ou será ruim?

ψ -Encontre alternativas: Sempre existem explicações para as formas como nos comportamentos e o mau humor também não é diferente. Descobrindo o motivo do mau humor você pode buscar alternativas para evitá-lo, fugindo mesmo quem sabe.

ψ -Pensamentos catastróficos: Você precisa evitar ao máximo que seus pensamentos se tornem catastróficos, ou seja, que você passe a interpretar as informações sempre de forma negativa. Se questione: O que pode acontecer de pior comigo se tal situação se concretizar? Certamente perceberá aos poucos que as consequências nem sempre são desastrosas como costumamos pensar. Isso não é uma tarefa fácil, embora lendo possa parecer, mas precisa se tornar um exercício constante para reprogramar seus pensamentos.

ψ -Atividades prazerosas: Busque opções de atividades que lhe dê prazer. Isso mesmo! Se você gosta de assistir filmes vá ao cinema ou assista em casa, mas faça o que você gosta. Além disso, uma boa dica é se livrar das pequenas coisas que te faz ficar de mau humor. Por exemplo, se você se irrita com muita frequência com a velocidade da sua internet não acesse mais sua rede social enquanto não estiver em um local com melhor sinal em seu celular ou até chegar em casa para utilizar o Wiffi que geralmente é mais rápido. Atividades prazerosas podem existir aos montes, às vezes, até ficar sentado sentindo a brisa do vento em uma sacada pode ser algo prazeroso e de fácil acesso. Descubra quais atividades te dão prazer e comece a mudar sua rotina.

Enfim, o segredo é encontrar alternativas que contribuam para seu bem estar e saúde. Muitas outras técnicas ajudam para melhorar o mau humor e não daria para colocar tudo em um único artigo, então continue acompanhando nossas postagens.

Até breve!

http://www.PsicoLigado.Org

dicas-tcc-mau-humor

4 comentários

  1. Ruan também estava lendo e achei muito bacana. Certamente os pensamentos automáticos culminam em comportamentos irritadiços também… Essas dias dá para colocar em prática em várias psicopatologias.

    Parabéns ao site!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s