Diferenças entre Psicoterapia e Coaching.

Olá! Seja bem vindo a mais um texto do site PsicoLigado (www.psicoligado.org).

O ano de 2015 me trouxe muitas novidades, algumas boas e outras nem tanto, mas dentre as novidades boas eu incluo o contato com o Coaching que me fez pensar diferente sobre várias coisas, inclusive, me ajudou dar o pontapé inicial para a movimentação do meu site (www.PsicoLigado.Org) que era um projeto adiado fazia um ano. Em meio a muitas experiências e estudo sobre o Coaching, e conversando com alguns colegas da Psicologia sobre as diferenças entre “Coaching e Psicoterapia”, resolvi escrever este texto objetivo, pois é um tema bastante atual, complexo e tem gerado muitas confusões de entendimento para as pessoas.

Como temos leitores que não são da área da Psicologia, vou iniciar falando sobre o que é psicoterapia, acredito ser a forma mais objetiva e fácil de abordarmos o assunto.

Afinal, o que é psicoterapia?

A prática em psicoterapia realizada por um profissional psicólogo tem por objetivo auxiliar as pessoas com seus problemas pessoais, emocionais, relacionais, existenciais, dentre outros temas. Clientes procuram um psicólogo para iniciar psicoterapia porque sozinhos não estão conseguindo superar alguma questão que acarreta sofrimento, então, o terapeuta trabalha junto com o cliente/paciente utilizando as teorias psicológicas contribuindo para autoconhecimento e entendimento do por que determinado comportamento acontece, os motivos de tais pensamentos serem corriqueiros, compreender melhor seus sentimentos, etc. Assim, o psicólogo contribui para que o paciente consiga melhor conduzir uma situação em sua vida e com isso alcance mais saúde mental. Grosso modo poderia dizer que a Psicoterapia objetiva se aprofundar nas questões trazidas pelos clientes a fim de analisar exatamente o que acontece, ajudando assim para que determinado sintoma diminua ou não volte a aparecer no comportamento ou em forma de somatização no corpo por exemplo.

O ser humano é um sistema complexo de pensamentos, sentimentos e comportamentos e durante a psicoterapia o psicólogo analisa junto com o cliente os conteúdos trazidos para análise a fim de melhor compreenderem o que acontece com ele. Falar de si, apesar de parecer fácil não é, sem contar que vivemos na época dos fast food, ou seja, o ser humano busca um remédio para seus males e, às vezes, se incomoda em refletir sobre si mesmo ou colocar em prática mudanças em sua vida. Então, a psicoterapia é uma atividade profunda e proporciona insights muito bons, além de impactar positivamente a vida do cliente com um todo, pois ocorre expansão do mindset dele.

Aqui no Brasil existe culturalmente a crença de que psicólogo é para atender maluco, E ISSO É MUITO ERRADO. Ninguém precisa estar mal para cuidar da sua saúde mental, ou seja, não é preciso ter uma psicopatologia pra cuidar da saúde né, não mesmo. Não é normal ir ao médico fazer exames de rotina? Então, fazer psicoterapia acaba sendo a mesma coisa. Aproveito o momento e digo: Faça um Up Grade em você e procure um psicoterapeuta psicólogo pra te acompanhar a partir de agora. Se tiver interesse pode me chamar inbox pelo “WhatsApp (21) 986769967” ou através do “e-mail psicolligado@gmail.com”.

Na Psicologia existem diversas abordagens, ou seja, diversas formas de compreensao do funcionamento do ser humano. Cada teoria tem sua especificidade, umas trabalham com uma análise mais profunda, entendendo o paciente desde a infância até a fase adulta como, por exemplo, é o caso da Psicanálise e da Psicologia Analítica que, inclusive, utilizam análise de sonhos como técnica na terapia, mas, existem outras abordagens que são mais objetivas, como, por exemplo, a Terapia Cognitiva Comportamental ou Terapia Comportamental que vai analisar o comportamento com olhar mais pragmático e assim auxiliar o cliente seguir um rumo para o resultado desejado. Essas duas últimas abordagens citadas são muito semelhantes a prática do coaching.

Eu trabalho, por exemplo, com a Terapia Cognitivo Comportamental e a prática é feita de forma estruturada analisando as cognições, sentimentos e comportamentos do cliente ao longo das sessões. Trata-se de uma abordagem interativa onde o cliente se torna um agente importante para seu próprio desenvolvimento.

Voltando e finalizando meu entendimento sobre a psicoterapia, o maior objetivo dela é que haja no paciente alcance da paz interior ou redução/anulação do sofrimento que o levou a sessão, e isso demanda trabalho especializado e com bastante entendimento de teorias e comportamento humano.

E Coaching, o que é?

Para iniciarmos a explicação sobre o coaching é importante entendermos as seguintes nomenclaturas:

Coaching> É o processo pelo qual o cliente passa para alcançar sua meta.

Coach>É o profissional responsável pelo processo de coaching.

Coachee>É o cliente que contrata os serviços do coach.

A tradução da palavra Coaching é treinamento. Sendo assim, o serviço de Coaching é treinar o cliente para que ele alcance um objetivo definido. O cliente pode definir metas variadas para um processo de coaching, como, por exemplo, uma mudança ou melhoria de vida, desenvolvimento de uma nova competência ou habilidade para o mercado de trabalho, melhorar algum relacionamento, etc. Portanto, no processo de coaching, o cliente apresenta o objetivo a ser alcançado e o profissional coach o ajuda chegar até lá.

O coaching no Brasil e na maioria dos lugares no mundo não é uma profissão regulamentada, por isso, qualquer pessoa pode realizar um curso de formação e oferecer os serviços a quem tiver interesse. Por isso, muitas técnicas podem ser utilizadas e não há uma padronização do que pode ou não ser incluído no processo de coaching como ferramenta, pois inúmeras são as escolas formadoras e não há regulamentação da profissão. Então, no processo de Coaching o profissional pode utilizar técnicas da Psicologia Positiva, PNL (programação neurolinguística), conhecimentos da área de gestão, etc. com o objetivo de auxiliar o cliente a alcançar o que se almeja.

Basicamente o cliente no processo de coaching define o seu objetivo, analisa seu estado atual (autoconhecimento), desenha estratégias para mudanças e coloca todas elas em prática para alcançar ou se aproximar de seu objetivo. Todo esse processo é mediado pelo profissional coach que ajuda o cliente a expandir sua mente e se organizar a fim de atingir o que foi definido na primeira sessão.

Uma informação muito importante sobre o serviço é que ele tem início, meio e fim, e isso já denota uma conotação mais fechada do atendimento e não ampla como na psicoterapia. Em média são utilizadas doze sessões para alcance dos objetivos do cliente e isso é definido logo de início, normalmente na primeira sessão. Não conheço um cliente que decidiu ficar fazendo vários processos de coaching um atrás do outro, até porque se o cliente demonstrar muito apego a isso pode ser que ele tenha necessidade de suporte integral e, talvez, uma psicoterapia o ajudasse mais.

Confundindo um pouco você, a terapia cognitiva comportamental mencionada anteriormente como prática e teoria de base de muitos psicólogos, trabalha de forma muito semelhante ao serviço de coaching, pois é estruturada, auxilia o cliente a se autoconhecer através da análise de seus pensamentos e crenças e dependendo do objetivo da terapia pode haver estimativa de sessões como no processo de coaching. Sendo assim, eu costumo dizer que todo psicólogo é um coach, embora alguns não saibam disso. Ainda irei escrever um texto sobre isso, continue acompanhe nosso site.

Existem diversos seguimentos (nichos) dentro do serviço de Coaching, sendo: Life Coaching (Coaching de vida), Personal Coaching (Coaching pessoal) e Executive and Business Coaching (Coaching Empresarial e profissional para cargos executivos) e nos últimos tempos o mercado tem se reinventado e ampliado sua forma de atuação nas linhas citadas anteriormente. Talvez o avanço da prática unido a má formação possa ter contribuído para que o processo de coaching perdesse um pouco a credibilidade em nosso país, mas eu sempre afirmo que o coaching enquanto processo estruturado para alcance de metas funciona muito bem.

Já que estamos falando em resultados, independente se o coach é ou não psicólogo o resultado será o mesmo, claro que se ele for um bom profissional. Porém, há vantagens quando o coach também é psicólogo porque não é todo mundo que pode passar por uma sessão de Coaching, pois se o cliente estiver com alguma questão de sofrimento intrínseco precisará de um serviço que o Coach não é capacitado a prestar, no caso a psicoterapia. Além disso, como o “Coach não psicólogo” não conhece sobre psicopatologias, fica difícil identificar que o cliente não progride nas sessões devido a um problema psicológico, o que dificulta o direcionamento do mesmo para o serviço de Psicologia, por isso, eu sempre indico coaches psicólogos como uma forma de garantir um atendimento mais completo aos clientes.

Voltando a falar sobre a regulamentação do Coaching, no mercado existem inúmeros cursos de formação que é oferecido a profissionais que se interessam pelo serviço e trabalham auxiliando pessoas a alcançarem objetivos. A duração média de um curso de Coaching é de duas semanas, sendo assim, o Coaching não é considerado uma abordagem da psicologia no Brasil ainda, tampouco de nenhuma outra profissão regulamentada, como administração por exemplo, ou seja, ele é um curso livre igual a um curso de informática ofertado no mercado. Já a Psicologia, diferente do Coaching, é uma profissão regulamentada em nosso país e por isso possui órgãos fiscalizadores como o Conselho Federal de Psicologia (CFP) e os Conselhos Regionais de Psicologia (CRP) e isso garante maior confiabilidade nos serviços oferecidos.

Enfim, para finalizar é importante esclarecer que psicoterapia não é realizada por profissionais coaches, a não ser que ele também seja formado em psicologia. Todavia, ambas as atividades tem seus ganhos e cabe ao cliente decidir o que é melhor para si, assim como o profissional reconhecer se pode ou não ajudar determinado cliente com seu serviço. O importante mesmo é que as pessoas consigam atingir seus objetivos e através deles se tornam mais prósperas, satisfeitas e felizes em sua vida.

Maicon Moreira

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s